Notícias

Home / Notícias

II SEMINÁRIO DE PROTEÇÃO À INFÂNCIA

Por AUPP, 30 May 22  -  Projetos

Enquanto Organização da Sociedade Civil (OSC), que atua no eixo do controle social, e tem o direcionamento da proteção à infância, adolescência e juventudes, a Associação Unidos para o Progresso (AUPP), realizou no dia 20 de maio de 2022, na Escola Profissionalizante Lucia Baltazar, em Limoeiro do Norte- CE, o II Seminário de Proteção à Infância.

A AUPP, mobilizou a sociedade de forma geral e prioritariamente os eixos da promoção, controle e defesa, contando assim com a participação do Exmo. Sr. Promotor Emerson Maciel Elias, que responde pela 3ª promotoria de justiça de Limoeiro do Norte-CE, e representantes do poder executivo, através da pasta da SMAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), das referidas cidades: Limoeiro do Norte, Russas, Jaguaruana e Morada Nova, representando as organizações da sociedade civil, a presidenta da AUPP, a Sr. Nilzete Ferreira, e o jovem Samuel Lino, representando a Rede de Juventudes em Defesa de seus Direitos Sociais (REJUDES).

O objetivo principal da atividade, foi convocar o SGD (Sistema de Garantia de Direitos) das crianças e adolescentes, considerando os eixos de promoção, defesa e controle, para lançar um olhar sensível para o mapa das violências e violações de direitos sofridas pela criança e adolescentes, no território onde a AUPP atua, vislumbrando fomentar o debate e encaminhar ações intersetoriais mais eficazes.

O público presente durante o II Seminário, contabilizou um total de 100 participantes, destacando a presença de crianças, adolescentes e jovens profissionais do sistema de garantia de direitos e demais órgãos. O ponto alto do II Seminário, foi a apresentação do Mapeamento de Violências e Violações dos direitos de crianças e adolescentes, realizados nas cidades de Limoeiro do Norte, Morada Nova, Jaguaruana e Russas, referente aos anos de 2019 e 2020, que confirma a urgência do cuidado com a infância e adolescência no que concerne aos dados de abandono, negligência, violência física, violência verbal, abuso sexual e exploração sexual.

Um destaque aclamado durante o evento, foi a fala emocionante da criança, que é engajada nas ações de projetos da AUPP, Priscila (09 anos). Em síntese, a criança destaca a importância de ser protegida e lamenta a quantidade de crianças que passam por abuso sexual e outras formas de violências. Continuando, ela afirma não entender por que um adulto trata a criança como um “bicho”, enquanto crianças são flores delicadas e são a alegria da terra. Finalizando, faz um apelo aos adultos, que diante ao se deparar com esse tipo de situação de violência, protejam as crianças, pois além de ser triste é crime.

Encerrando o II Seminário, obtivemos os seguintes encaminhamentos:

  • A exemplo de 2012, constituir o comitê territorial de proteção à infância, contando com representantes de todas as cidades participantes. Proposta de Neidinha Azevedo gestora da AUPP;
  • Ampliar o mapeamento das violências contra os adolescentes, observando os ambientes de trabalho, ou seja, as empresas que os recebem como menor aprendiz e espaço informais de trabalho. Proposta do gerente do SINE/IDT (Instituto de Desenvolvimento do Trabalho), Limoeiro do Norte- CE, Lindon Johnson Chaves;
  • Manter os sistemas de informação de dados atualizados para melhor resultados de pesquisas e consequentemente de intervenções. Proposta de Ricley Barbosa, representante REJUDES;
  • Fomentar o debate acerca da necessidade da escuta especializadas para crianças e adolescentes que sofrem violências e abusos sexuais. Proposta do Conselheiro tutelar de Limoeiro do Norte- CE, Nevildo Bessa;
  • A necessidade e importância de interface junto com as Escolas, como porta de entrada de diversas demandas a serem trabalhadas. Representante do Selo UNICEF, Cidade de Morada Nova- CE, Rafaella Girão;
  • Implementar metodologias (Claves; Bons Tratos em Família; AFLATOUN; Olhares em Foco; Mecanismos de proteção em nível comunitário; Bem querer, dentre outras que trate das prevenções as violências contra as crianças e adolescentes nas escolas, na perspectiva de mitigar o combate para tratar da prevenção. A ideia é que essas metodologias ou uma dessas sejam colocadas na grade curricular das escolas de ensino fundamental e médio, no território.

 

 

 

                              

 

 

 

Compartilhe nas redes sociais

Posts relacionados

Sua contribuição faz a diferença!

Aqui você poderá doar qualquer valor e apoiar nossos projetos.

A instituição

A Associação Unidos para o Progresso, fundada em 27/06/1995, é uma organização da sociedade civil, instituição sem fins lucrativos, regulamentada pelo estatuto social e regimento interno. Sendo norteada por sua Missão, Visão e Valores, atendendo as políticas internas bem como aquelas orientadas pelos parceiros dentre esses ChildFund Brasil.

© 2020 Associação Unidos Para o Progresso